Mesas-redondas

O cinema como forma de fomentar o turismo

Quinta-feira, 5 de maio, 18h30, sala 2  (atividade gratuita)

A relação existente entre o turismo e a indústria cinematográfica, não vem de agora. Vários países já se valeram deste meio para atrair turistas e foram bem sucedidos, como a Itália, Grécia, França, entre outros. Buscar relatar a influência do cinema e analisar o êxito de determinados países neste segmento é o objetivo desta mesa. Com a presença do realizador brasileiro Halder Gomes, do Dr. Francisco Dias (Professor Instituto Politécnico de Leiria (Portugal), na Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar (ESTM), em Peniche, e diretor do ART&TUR – Festival Internacional de Cinema Turístico e presidente da EATSA – Euro-Asia Tourism Studies Association) e do Dr. Vitor Ambrósio (Professor na ESHTE – Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril.Tem publicado em diferentes Revistas Científicas, sendo a sua principal área de investigação o Turismo Religioso).

Moderação: Maria João Gomes, especialista em documentação e informação, há 24 anos a trabalhar na área do Turismo.

Cinema, educação e comunicação comunitária

Sexta-feira, 6 de maio, 18h30, sala 2 (atividade gratuita)

A comunicação proveniente da comunidade tem-se demonstrado um mecanismo social capaz de atender a necessidade de exercer a liberdade de expressão, utilizando mecanismos dentro e fora do segmento tradicional de comunicação. Meios que são construídos dentro de um coletivo com perspetivas de atender demandas de suas comunidades, integrando meios de produção e de comunicação para esta finalidade. Considerando que o acesso aos média e aos seus conteúdos permanece desigual, e que as possibilidades de produção e circulação de seus conteúdos não é praticada pelos diversos atores sociais, esta mesa vem discutir e analisar o papel dos média, tendo o cinema como elemento central. Será analisado como o conhecimento sobre a linguagem, a estética e os ambientes do cinema podem favorecer a literacia mediática que hoje passa por ambientes de convergência. Conhecer a linguagem do cinema e participar dos projetos de cinema e educação permite que as pessoas tenham uma outra visão do mundo? Os projetos de Cinema e Educação e as temáticas abordadas podem contribuir para uma maior inclusão social? Com: Raquel Pacheco (especialista em Cinema e Educação), Elsa Mendes (Coordenadora do PNC – Plano Nacional de Cinema do Ministério da Educação) e Dynka Amorin (fundador da Associação Juvenil Afro-Portuguesa Bué Fixe, e ativista de direitos humanos, empreendedor social, formador e consultor na área da juventude e ONG). Moderação: Alice Campos (especialista em Direito para Comunicação Social).