A casa

(SÁBADO) 03 de março, 20h | Sala 3

Portugal, 2017, 78 min., Filme Inédito. C/ Legendas em Inglês  C/Presença do Realizador

Trailer

Realizador: Rui Simões 

Sinopse: Nascida no Estado Novo para controlar os estudantes ultramarinos, a Casa dos Estudantes do Império, localizada em Lisboa e com delegações em Coimbra e Porto, foi fundamental nas lutas de independência das colónias portuguesas. Por aquele ponto de encontro passaram futuros líderes dos movimentos de libertação – como Agostinho Neto e Amílcar Cabral. O documentário A Casa recupera memórias de testemunhos dos sobreviventes da Casa, ficcionalizando paralelamente excertos de “A Geração da Utopia”, de Pepetela.

Biografia do Realizador: Nascido em 1944, Rui Simões estudou Realização para Cinema e Televisão no IAD – Institut des Arts de Diffusion, em Bruxelas. Na Bélgica, foi fotógrafo de cena. De regresso a Portugal em 1974, veio a realizar os icónicos documentários do pós-25 de Abril Deus Pátria Autoridade e Bom Povo Português. Em 1986 fundou a produtora de cinema Real Ficção, através da qual tem vindo a desenvolver uma filmografia essencialmente documentarista, ligada a causas sociais e às artes, assim como incentivado jovens cineastas.


Geração Ritalina

(SEXTA) 02 de março, 19h00 | Sala 3 (na mesma sessão do filme Humberto Delgado “Relâmpago no Céu Azul”)

Brasil, 2016, 46 min., Filme Inédito

Trailer

Realizador: Gustavo Aguiar 

Sinopse: Geração Ritalina relata a busca de um personagem diagnosticado com déficit de atenção e bipolaridade e outras pessoas com condições parecidas. O filme aborda temas como medicalização, tabus, medos e um debate sobre a necessidade ou não de medicamentos. “Geração Ritalina” busca mostrar o ponto de vista de quem sofre de algum transtorno, sem intervenções externas de especialistas, familiares ou pessoas que não têm contato com esse tipo de problema.

Biografia do Realizador: Cineasta estreante, de 26 anos, Gustavo Prates Mendes de Aguiar, cursou economia e direito ao mesmo tempo, resolveu casar sua paixão com seus ideais através do cinema. A sua militância o fez optar por documentários com preferência por temas não tão simples de se trabalhar.


Humberto Delgado “Relâmpago no céu azul”

(SEXTA) 02 de março, 19h00 | Sala 3 (na mesma sessão do filme Geração Ritalina)

Portugal, 2017, 46 min., Filme Inédito C/Presença do Realizador

Trailer

Realizadores: José Jorge Letria e Jaime Serôdio

Sinopse: O general Humberto Delgado, candidato à Presidência da República em Portugal em Junho de 1958, foi um herói da cidadania e do combate político por se ter oposto à ditadura de Salazar e por ter tentado com invulgar coragem criar as condições que lhe permitiriam abrir a porta para a democracia e para a liberdade. 

Biografia dos Realizadores: Jaime Serôdio nasceu em 03 de março de 1975 em Oeiras, Portugal. É realizador, fotógrafo e editor, deste 2009. “HUMBERTO DELGADO – RELÂMPAGO NO CÉU AZUL”, realizado em 2017, é a sua primeira obra na área do documentário. José Jorge Leiria: nasceu em Cascais, em 1951. É Jornalista, poeta, dramaturgo, ficcionista e autor de uma vasta obra para crianças e jovens. Tem livros traduzidos em mais de uma dezena de línguas (castelhano, francês, inglês, italiano, coreano, japonês, russo, búlgaro, romeno, húngaro e checo) e está representado em numerosas antologias em Portugal e no estrangeiro.


Primavera

(SÁBADO) 03 de março, 22h | Sala 3

Brasil, 2017, 112 min., Filme Inédito

Trailer

Realizador: Carlos Porto de Andrade Junior 

Com: Ruth de Souza, Ruth Escobar, Ana Paula Arósio, Marília Gabriela, Caco Ciocler, Werner Schunneman, Carlos Casagrande.

Sinopse: Um pai conta a seu filho a história não oficial, mas verdadeira, da família a que pertencem. Através de lembranças levam-nos por uma viagem na memória do tempo. A chegada dos ancestrais portugueses, as tramas dos antepassados confessam um surpreendente segredo que o futuro ainda não conhece.

Biografia do Realizador: Arquiteto e Mestre pela FAU-USP, começou a filmar com 8mm, 16mm e Super-8, formato que utilizou intensamente à partir da década de 1970. Obteve “Grande Prêmio” e “Hors Concours” em diversos festivais, na Bélgica, Colômbia, Brasil, Canadá, EUA, entre outros. Participou em Cannes com os filmes “Gratia Plena”, “Corações Marinhos” e “Saudade”.


Saudade

(DOMINGO) 4 de março, 19h | Sala Manoel de Oliveira

Brasil, 2017, 78 min. C/Presença do Realizador e produtoras

Trailer

Realizador: Paulo Caldas

Sinopse: Um documentário-poético-investigativo-afetivo que busca entender o significado da palavra e do sentimento da saudade em nossa língua e em nossas vidas. 

Biografia do Realizador: Paulo Caldas é o realizador de um dos marcos fundamentais do renascimento do cinema brasileiro após a travessia no deserto dos anos 90. Baile Perfumado, lançado em 1996, é o momento fundador da produção do século XXI. Entre outros projetos, Caldas voltou a participar de outro clássico, como coargumentista de Cinema, Aspirinas e Urubus, assim como seu terceiro trabalho, “Deserto Feliz”, entrou para a seção Panorama do Festival de Berlim. Em 2011 rodou um coprodução com Portugal, “O País do Desejo”. 


Serviçais das memórias à identidade

(QUINTA) 01 março, 20h | Sala 3

São Tomé e Príncipe, 2017, 52 min. C/Presença do Realizador

Trailer

Realizador: Nilton Medeiros

Sinopse: Depois do achamento, São Tomé e Príncipe envolveu-se no tráfico de escravos. A abolição da escravatura obrigou os colonos portugueses à contratação de mão-de-obra de Angola, Moçambique e Cabo Verde, que abriria caminho para o trabalho forçado – desempenhado pelos  serviçais. Passados mais de meio século do fim do processo de descolonização (1975), muitos ex-serviçais e seus descendentes ainda vivem à margem da sociedade.

Biografia do Realizador: Licenciado em Cinema, Vídeo e Comunicação Multimédia com especialização em produção, realização cinematográfica e televisiva pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. Funcionário da Assembleia da República Portuguesa como Realizador na ARTV – Canal Parlamento. Realizou vários trabalhos com o destaque para os documentários: Príncipe património mundial da biosfera da UNESCO, São Tomé e Príncipe – o destino de sonho, O novo amanhecer, São Tomé e Príncipe – Retalhos de uma História. Criou o projeto Roças de São Tomé e Príncipe – do passado ao presente… que futuro?  No âmbito deste projeto realizou os documentários “nem meu nem teu… é nosso” e “Serviçais das memórias à identidade”.


Sonho Longínquo do Equador

(SEGUNDA) 05 março, 18h30 | Sala 3

Portugal / Guiné Bissau, 2017, 60 min., Filme Inédito C/Presença do Realizador

Trailer

Realizador: Hamilton Trindade

Sinopse: Em São Tomé e Príncipe, jovens com vivências socialmente diferentes têm um sonho em comum: concluir os estudos e arranjar um emprego. Mas cada um deles, devido aos seus contextos sociais, enfrentarão dificuldades para atingirem os seus objetivos e seus sonhos de vida. O filme procura-se perceber como encaram o futuro a cada dia que passa. Afinal, os sonhos são para se cumprir…

Biografia do Realizador: Hamilton Leite Ramos da Trindade é natural de São Tomé e Príncipe, nasceu em 29 de Maio de 1983. Reside em Portugal. Licenciado em Novas Tecnologias da Comunicação pela Universidade de Aveiro, já participou e desenvolveu diversos projetos do âmbito cultural e juvenil. Atualmente trabalha como técnico de audiovisual e apoio técnico em produções culturais no Cine-Teatro de Estarreja (Portugal) desde 2011. Sonho Longínquo no Equador é seu primeiro trabalho como realizador. 


Limpam com Fogo (Ver Mostra Social

(Domingo) 04 março, 21h30 | Sala 3

Brasil, 2016, 84 min.

 

 


Heróis (Ver Mostra Social

(SEXTA) 02 março, 21h30 | Sala 3

Brasil, 2017, 90 min. C/ Presença do Realizador

GuardarGuardar

GuardarGuardar