LONGAS-METRAGENS

Este ano serão exibidas cinco longas-metragens de diversas regiões do Brasil.

Elis

elis_500(Quarta-feira), 08 março, 21h | Sala Manoel de Oliveira (ENCERRAMENTO)

Brasil , 2016, 110 min., drama biográfico

Realizador: Hugo Prata

Com: Andréia Horta, Gustavo Machado, Caco Ciocler, Lúcio Mauro Filho

Sinopse: Filme baseado na vida de Elis Regina desde a sua chegada ao Rio de Janeiro, com 19 anos, até a sua trágica e precoce morte. Apesar de todas as dificuldades, o sucesso vem fulminante e Elis ganha projeção nacional e internacional.


Intruso

intruso_500(SÁBADO), 04 março, 20h30 | Sala 3

Brasil, 2016, 83 minutos, ficção/ suspense/drama / terror

Realizador: Paulo Fontenelle

Com: Eriberto Leão, Danton Mello, Karla Muga, Juliana Knust, Genezio de Barros

Sinopse: Uma família é obrigada a receber em casa um desconhecido. Todos tentam manter suas vidas normalmente, mas a chegada desse hóspede exige que certas regras sejam seguidas. Ninguém pode deixar a casa. Os membros da família que quebram as regras são punidos e ninguém pode ajudá-los.


 

O Filho Eterno

o-filho-eterno_500(QUINTA-FEIRA), 02 março, 21h | Sala Manoel de Oliveira

Brasil, 2016, 86 minutos, drama

Realizador: Paulo Machline

Com: Marcos Veras, Debora Falabella, Pedro Vinícius, Uyara Torrente, Zeca Cenovicz.

Sinopse: Roberto (Marcos Veras), escritor ainda não publicado, está seguro de que o nascimento do filho é o marco para uma nova vida. No entanto, ainda no hospital, descobre que terá de se acostumar com uma nova ideia – ser pai de Fabrício, uma criança com síndrome de Down. Numa jornada de 12 anos, entre obstáculos, conquistas e descobertas, se revela o significado da paternidade.


 

O Outro Lado do Paraíso (ABERTURA) 

o-outro-lado-do-paraiso_500(QUARTA-FEIRA), 01 março, 21h | Sala Manoel de Oliveira

Brasil, 2014, 100 minutos, drama

Realizador: André Ristum

Com: Eduardo Moscovis, Simone Iliescu, Jonas Bloch, Flávio Bauraqui, Murilo Grossi, Adriana Lodi, Stephanie de Jongh, Camila Márdila, Iuri Saraiva, Mariana Nunes, Davi Galdeano, Maju Souza, Tais Bizerril, Henrique Bernardes.

Trailer

Sinopse: Anos 1960, o Brasil vivia um período turbulento, com o governo em crise, o Congresso em chamas, denúncias de corrupção na imprensa e um golpe a caminho. Neste país dividido, Nando, um menino de 12 anos, narra as aventuras do pai, Antonio Trindade, um idealista sonhador que sai do interior de Minas para Brasília. O desejo de ascensão social, de participar da construção da nova capital e de apoiar as reformas prometidas pelo presidente João Goulart é frustrado pelo golpe militar. O golpe chega quando Nando começa a viver uma história de amor com Iara, uma pré-adolescente avançada para aqueles tempos. Os sonhos se tornam pesadelos. Um capítulo efervescente da história do Brasil baseado em livro autobiográfico de Luiz Fernando Emediato.

 


Sob Pressão

SobPressao_500(TERÇA-FEIRA), 07 março, 21h30 | Sala Manoel de Oliveira

Brasil, 2015, 90 minutos, drama

Realizador: Andrucha Waddington

Com: Júlio Andrade, Ícaro Silva, Marjorie Estiano, Andréa Beltrão, Stepan Nercesssian

Sinopse: Num dia bastante tenso, os médicos dum hospital público do Brasil, acostumados com uma dura realidade, têm de tomar uma dura decisão quando três pacientes em estado grave precisam de socorro ao mesmo tempo. Com poucos recursos, precisam atender a todos e lidar com a pressão social daquela situação.


 

Vidas Partidas

Vidas-Partidas_500(TERÇA-FEIRA), 07 março, 19h | Sala Manoel de Oliveira

Brasil, 2016, 79 min., drama (também na Mostra Mulheres no Cinema Ibero-americano)

Realizador: Marcos Schechtman

Com: Naura Schneider, Domingos Montagner, Suzana Faini, Jonas Bloch, Georgina Castro

Sinopse: História sobre um casal perdidamente apaixonado, pais de duas filhas, que possui uma relação ardente, numa simbiose existencial provocada por alta passionalidade. Tudo corre bem, até que Graça avança em sua carreira e Raul fica desempregado. O filme é livremente inspirado nas alarmantes estatísticas de crimes praticados contra a mulher.

 

 


CURTAS-METRAGENS

Este ano serão exibidas quatro curtas-metragens de diversas regiões do Brasil numa sessão única.

Sessão: (Quarta-feira), 08 março, 16h30 | Sala 3 | Duração da sessão 83 min.

 

702

702_500Brasil, 2016, 24 minutos, drama/thriller

Realizador: Rodrigo Lages

Com: Bela Carrijo, Raphael Logam, Iano Salomão, João Velho e Clara Choveaux.

Sinopse: Isolada, deprimida e indiferente… É assim que Giovana está se sentindo quando é assaltada por dois iniciantes no assunto. A dupla tem ambições maiores e planos que podem mudar suas vidas. Rendida, Giovana é levada para ser usada nos planos do dueto iniciante. O inesperado acontece quando Giovana fica frente a frente com uma oportunidade única de vingança.


 

Ainda sangro por dentro

ainda-sangro_500Brasil, 2016, 24 min., drama

Realizador: Carlos Segundo

Com: Beta Rangel, Vinicius Ferreira, Juliana Nazar

Sinopse: Tem dor que dói no corpo que não tem olho que enxerga.

 

 


Composto

composto_500Brasil, 2016, 15 min. doc.

Realizador: Severino Neto e Rafael de Carvalho

Com: Wesley, Madalena, Lucimara, Tiago, Ademil e Plínio

Sinopse: Composto é uma curta documental que mostra um dia na vida de várias pessoas num aterro sanitário. Aos poucos vamos percebendo as suas ligações, motivações, felicidades, desejos e dores. Um filme que surpreende pelas histórias reveladas de seus personagens e que mostra quão adaptável o ser humano é, independente do seu meio.


 

Nocebo ­­­­

NOCEBO_500Brasil, 2016, 20 min., drama

Realizador: Octavio Caruso

Com: Virginia Maria, Paola Castilho, Nadia Lippi, Tereza Filardy, Deborah Cintra, Mario PC Filho

Sinopse: A história de uma mulher viúva que sofre com o ódio que nasceu entre as suas duas filhas, uma ferida exposta que as afastou do seio familiar. A filha mais nova, apaixonada pelas artes cênicas, buscou seus sonhos profissionais no exterior, enquanto a mais velha, por medo de ousar, por profunda insegurança, acabou negando todas as oportunidades em sua vida, profissionais e amorosas, com a desculpa de que preferia ficar mais perto da mãe. O filme testemunha o confronto entre essas duas forças da natureza, no campo de batalha que outrora foi um lar harmonioso.