Imagens Lisboa2017O FESTin foi um dos eventos culturais selecionados para fazer parte da programação Lisboa Capital Ibero-americana de Cultura, passado e presente, e aproveitou para acentuá-la no feminino.

Num ano em que alguns dos seus eventos estão inseridos na programação da Lisboa 2017 – Capital Ibero-americana de Cultura e que encerra, justamente, no Dia Internacional da Mulher, as temáticas femininas estarão presentes tanto na programação cinematográfica quanto nos eventos paralelos. Estas aproveitam a rubrica do evento ibero-americano – Passado e Presente – para relaciona-lo as atividades que analisam o papel feminino no audiovisual.

Entre as diversas atividades no cinema São Jorge, estão previstas a Mostra Mulheres no Cinema Ibero-americano e mesas redondas.

Fazendo a devida ligação com as Américas, o festival vai exibir títulos da cinematografia latino-americana, para além de uma mostra especial, a realizar-se principalmente no Instituto Cervantes, de filmes de Titón (alcunha de Tomás Gutiérrez Alea), um dos mais prestigiados realizadores cubanos falecido em 1996. A sua viúva e protagonista de algum dos seus filmes, Mirtha Ibarra, estará presente. A atriz foi responsável pelo documentário “Titón – de Habana a Guantanamera”, que também será exibido.

 O papel feminino na história do audiovisual português é igualmente observado na mostra de alguns trabalhos da realizadora Margarida Gil. Nascida na Covilhã e com uma extensa carreira no cinema e na televisão, a cineasta terá exibido no São Jorge os seus filmes mais emblemáticos – caso de “Rosa Negra” (1992), que fez parte da competição no Festival de Locarno, “O Anjo da Guarda” (1998), “Adriana” (2004), “O Fantasma de Novais” (2012) e “Paixão” (2012).

Partilhar é cuidar!