Reconhecendo a importância da história para a compreensão dos dias atuais, o FESTin exibe nesta 5ª edição uma série de filmes que visam retratar diversos aspetos de dois períodos que marcaram a vida de milhares de pessoas no Brasil eem Portugal. Sendoassim, o FESTin será um dos primeiros eventos realizados na capital portuguesa no âmbito das comemorações realizadas pela Câmara de Lisboa/EGEAC a fazer uma homenagem aos 40 anos da Revolução dos Cravos. Por outro lado, há 50 anos um golpe militar implantou uma dura e longa ditadura no Brasil.

As memórias não se apagam

4 de abril (sexta-feira) | 18h00 | Sala 3 

Portugal, 2014, 35 minutos, documentário
Realizador: José Vieira Mendes

Documentário do crítico de cinema e agora realizador, José Vieira Mendes, numa coprodução de Paulo Trancoso, atual presidente da Academia Portuguesa de Cinema, e as jornalistas-correspondentes Adriana Niemeyer e Léa Teixeira, com o apoio do FESTin, feito especialmente para marcar os 40 anos da Revolução dos Cravos em Portugal e os 50 anos do Golpe de 64, no Brasil. As memórias não se apagam é um relato de um personagem que passou a vida a lutar pela liberdade e pela democracia. Preso e torturado no Brasil, o ex-padre, jornalista, resistente e membro de várias associações cívicas, Alípio de Freitas continua a lutar pelos seus ideais.

A memória que me contam

Brasil, 2012, 100 minutos, Ficção
VER LONGAS EM COMPETIÇÃO

De armas e bagagens

Portugal, 2013, 72 minutos, documentário
VER MARATONA DOCUMENTÁRIOS

Dossiê Jango

Brasil, 2012, 102 minutos, Ficção
VER MOSTRA BRASILEIRA DE LONGAS

Elena

Brasil, 2012, 82 minutos, Docudrama
VER LONGAS EM COMPETIÇÃO

Hércules 56

Brasil, 2006, 94 minutos, Documentário
VER MOSTRA BRASILEIRA DE LONGAS

Repare Bem

Brasil/Itália/França, 2013, 95 minutos, documentário
VER MARATONA DOCUMENTÁRIOS