Em 2013, o FESTin criou uma nova mostra centrada no documentário. Este ano, a Maratona de Documentários passa a ser uma mostra competitiva, apresentando um conjunto de longas-metragens de âmbito diverso, bem como duas curtas fora de competição.

Longas em Competição

 

Arte de interpretar – A saga da novela Roque Santeiro

7 de abril (segunda-feira) | 21h00 | Sala Manoel de Oliveira

Brasil, 2012, 85 minutos, Documentário
Realização: Lúcia Abreu
Com: Regina Duarte, Lima Duarte, Betty Faria, José Wilker, Boni, Aguinaldo Silva, Dias Gomes, Marcos Paulo, Paulo Ubiratan, Tony Tornado, Luiz Carlos Barreto, Eduardo Figueira, Mariozinho Rocha, Mauro Alencar, Ana Maria Magalhães, entre outros.

Sinopse: O documentário revela a saga da novela Roque Santeiro, desde a sua primeira versão, censurada em 1975, até o grande sucesso ocorrido em 1985, mostrando os bastidores, a história não contada. Trata-se de um documento de uma parte da história da cultura do país que as pessoas desconhecem. Pela primeira vez, o cinema documenta a maior paixão brasileira: a novela. Trailer

Azul Alvim

7 de abril (segunda-feira) | 21h00 | Sala 3

Portugal, 2012, 50 minutos, documentário
Realização: José Paulo Valente
Com: Fernando Alvim
Sinopse: Este documentário é uma homenagem ao músico Fernando Alvim, viola prolífico mas discreto, que acompanhou Carlos Paredes e Amália. Em 2011, depois de uma doença grave, Alvim volta a surpreender com um álbum duplo repleto de sucessos, acompanhado dos maiores nomes da música portuguesa, que reconhecem a sua arte única e reverenciam os seus 50 anos de carreira. Uma produção da RTP, com autoria de Margarida Mercês de Mello.

Cidade de Deus, 10 anos depois

7 de abril (segunda-feira) | 22h00 | Sala 3

Brasil, 2013, 70 minutos, documentário
Realização: Cavi Borges e Luciano Vidigal
Com: Seu Jorge, Roberta Rodrigues, Alice Braga, Thiago Martins, Leandro Firmino da Hora, Alexandre Rodriguez

Sinopse: O que Cidade de Deus, o polêmico e seminal filme de Fernando Meirelles e Katia Lund, significou para carreira profissional de crianças e adolescentes mobilizados nas favelas cariocas? O documentário Cidade de Deus – 10 anos depois investiga o destino dos atores que participaram do filme para descobrir o que mudou em suas vidas, profissional e pessoal, nesta última década, mostrando as transformações vividas por estes atores em consequência da exposição e sucesso mundial do filme. Produzido pela Cavideo, o filme conta com a coprodução do Canal Brasil, Link Digital, Berny Filmes, Cinema Nosso e Nós do Morro. Trailer | Site

De armas e bagagens

5 de abril (sábado) | 20h30 | Sala 3

[Também na Mostra Democracia e Ditadura]
Portugal, 2013, 72 minutos, documentário
Realização: Ana Delgado Martins

Sinopse:
O que levaria consigo se tivesse que fugir de casa sem saber se regressaria? Entre 1974 e 1976, perto de 300 mil Portugueses abandonaram Angola. Mais de 100 mil tinham nascido lá. Esta é a história das incríveis fugas de Angola por terra, mar e ar. E de tudo aquilo que não quiseram deixar para trás.
Trailer
Site | Facebook

De Volta

7 de abril (segunda-feira) |19h30 | Sala 3

Brasil, 2013, 78 minutos, documentário
Realização: Rafael Figueiredo

Sinopse: O documentário regista o período de saída de férias de Natal de quatro presidiários do Rio de Janeiro, desde o momento da saída do presídio até seu retorno, quatro dias depois. De volta segue a rotina de liberdade de Leandro, Sonia, Midiã e Anderson. Os reencontros, os lugares revisitados, as expectativas, as surpresas e deceções.

Outro Sertão

7 de abril (segunda-feira) |18h00 | Sala 3

Brasil, 2013, 73 minutos, documentário
Realização: Adriana Jacobsen e Soraia Vilela

Sinopse:
Outro Sertão é um documentário sobre a estadia de João Guimarães Rosa na Alemanha nazista. O filme resgata a experiência do então vice-cônsul em Hamburgo entre 1938 e 1942. Através de imagens de arquivo da época, documentos, testemunhos de pessoas que o conheceram e uma entrevista inédita com o próprio escritor, o documentário revela novos aspectos da sua biografia. Dividido em capítulos – a chegada, o amigo, o diário, o escritor, o diplomata, o alarme e a partida – o documentário rastreia os quatro anos vividos por Guimarães Rosa em Hamburgo.
Trailer
| Facebook

Repare Bem

3 de abril (quinta-feira) | 21h00 | Sala 3

[Também na Mostra Democracia e Ditadura]
Brasil/Itália/França, 2013, 95 minutos, documentário
Realização: Maria de Medeiros
Com: Denise Crispim, Eduarda Ditta Crispim Leite, Leonardo Ditta

Sinopse: Três gerações de mulheres, uma história de sobrevivência, de coragem e de luta por um mundo mais justo entre o Brasil, o Chile, a Itália e a Holanda.
O jovem guerrilheiro Eduardo Leite (Bacuri) morre em 1970 nas mãos da ditadura militar brasileira, depois de 109 dias de tortura. Sua companheira Denise Crispim, perseguida e presa durante a sua gravidez, consegue fugir para o Chile depois do nascimento de Eduarda.
Lá, encontra seus pais – cujas vidas dedicaram à luta pela liberdade – exilados. Mas a violência da repressão volta a atingir a família com o golpe de Estado de Augusto Pinochet, obrigando pais e filhos a se dispersar pelo mundo.
Hoje, depois de quarenta anos vividos entre a Itália e a Holanda, Denise e Eduarda receberam Anistia e Reparação do Brasil. A verdade sobre o passado abre caminho para um futuro mais justo.
Trailer
| Site

 

Curtas – fora de competição

As vozes que ouvi

7 de abril (segunda-feira) | 16h00 | Sala 3

Brasil, 2013, 15 minutos, Documentário
Realização: Antonio Almeida, Edison Larronda, Tom Peres e Paulo Renato Pinheito
Com: Alcides Martins, Aristides Kucera, Edgar Muza, Mario Lopes, Mario Codevilla, Sivaldo Silva, Sebastião Pereira, Ito Carvalho, Claudiran Nunes, Vacionir Lopes
Documentário realizado a partir das diversas histórias que se formaram em torno da criação e do desenvolvimento da rádio em Bagé-RS (Brasil). Nelas, o imaginário e a realidade se confundem criando uma iluminada atmosfera ao redor dos personagens que ainda hoje desafiam o tempo e fecundam a imaginação daqueles que com eles contracenaram.

Uma voz timorense em Brasília

7 de abril (segunda-feira) |16h40 | Sala 3

Brasil, 2013, 21 minutos, Documentário
Realização: Denilson Félix
2ª feira, 7 abr., 16h40 | Sala 3
Sinopse
: Em2008, a jovem República Democrática de Timor-Leste abriu sua embaixada em Brasília, tendo sido nomeado o embaixador Domingos de Sousa. Participante da resistência timorense, Domingos de Sousa se dedica à preservação da memória daquele período até os dias de hoje, tendo publicado quatro livros em tom memorialista, dois dos quais publicados no Brasil.