Dólares de areia

dolares-de-areia_500(DOMINGO), 05 março, 21h30 | Sala Manoel de Oliveira

Republica Dominicana, 2014, 80 minutos, drama

Realizador: Israel Cárdenas e Laura Amelia Guzmán

Com: Geraldine Chaplin, Yanet Mójica, Ricardo Ariel Toribio

Sinopse: Noelí (Mójica) é alguém que há anos acompanha turistas europeus ricos e solitários, como a francesa Anne (Chaplin). Sem ser consciente disso, apesar de estar sempre atrás de benefícios econômicos, ela se prostitui em troca de dinheiro, vendendo muito mais do que companhia ou sexo ao abdicar de um lugar próprio no mundo. A conexão entre as duas gera um fluxo de acontecimentos comoventes e a esperança de uma vida digna para Noeli.


 

La Grieta

la-grieta_500(QUINTA-FEIRA), 02 março, 19h | Sala Manoel de Oliveira

Uruguai, 2015, 1 minutos, drama

Realizadora: Victoria Giménez

Com: Florencia Sobrera, Javier Diano, Rosa Gómez, e Bernard Lamarque.

Sinopse: Clara, com apenas treze anos, passa por uma experiência que lhe deixa uma marca profunda e é o ponto de virada para ver a vida com outros olhos.

Prémios: 1º  lugar na categoria 1 minuto 1 direito, na seção “Tenemos que Ver” do Festival de Cinema e Direitos Humanos de Barcelona.


 

Migas de Pan

migas-de-pan_500(QUINTA-FEIRA), 02 março, 19h | Sala Manoel de Oliveira

Espanha e Uruguai, 2016, 109 minutos

Realizador: Manane Rodriguez

Com: Cecilia Roth, Justina Bustos, Quique Fernández

Trailer

Sinopse: Ao saber que já é avó, Liliana Pereira regressa ao Uruguai, o seu país natal. Ali chegando terá de enfrentar um passado conflituoso, em que a perseguição sofrida durante a ditadura militar custou-lhe a custódia de seu único filho. Vítima, juntamente com outras mulheres, de uma agressão sistemática e sem piedade, é do apoio mútuo entre elas, da sua solidariedade não calculada mas persistente, que continua buscando forças para continuar lutando.


 

Mulheres que cuidam de mulheres

(SEGUNDA-FEIRA), 06 de março, 17h30, Sala 2

Brasil, 2013, 52 minutos, documentário – Filme inédito (ver em Mostra de Documentários)


 

Os filhos de Terpsícore

(QUARTA-FEIRA), 01 março, 18h30 | Sala 3

Brasil/Uruguai, 2016, 5 minutos, documentário (ver em Competição de Curtas)


 

Pepe el Andaluz

pepeelandaluz_500(DOMINGO), 05 março, 21h | Sala 3

Espanha, 2013, 83 minutos, documentário/drama

Realizador: Alejandro Alvarado e Concha Barquero

Sinopse: Quando era pequeno me contaram que meu avô Pepe tinha morrido. Mais tarde descobri que na verdade ele havia imigrado para a Argentina depois da Guerra Civil e que minha avó, Maria, nunca mais teve notícias dele. Sozinha teve de sair da Espanha para criar os três filhos, iniciando a diáspora familiar. Este documentário é uma viagem contra o tempo e o esquecimento.

Prémios: Documenta Madrid (Espanha); Festival de Málaga (Espanha); Mar del Plata (Argentina); Hispanoscope (Bélgica); Festival de Cuernavaca (México)


Titón: de La Habana e Guantanamera

Títonde la Habana(SEXTA-FEIRA), 03 março, 18h30 | Sala 3

Cuba, 2008, 93 minutos, documentário

Realizadora: Mirtha Ibarra

Trailer – POR QUESTÕES TÉCNICAS O FILME NÃO TERÁ LEGENDAS EM PORTUGUÊS. SERÁ EXIBIDO EM ESPANHOL, COM LEGENDAS EM INGLÊS.

Sinopse: O cineasta Titón, Tomás Gutiérrez Alea (1928-1996) é um dos principais nomes do cinema contemporáneo. Desde o seu nascimento em La Habana até “Guantanamera”, o seu último filme, o documentário mostra um percurso amplo do seu trabalho cinematográfico e do seu pensamento. Como fio condutor, o ponto de vista indispensável e emocionante da atriz Mirtha Ibarra, diretora deste documentário, e companheira de Titón nos seus últimos 23 anos.

Prémios: Menção Especial no XIII Festival Internacional de Cine Latino de Los Angeles, Estados Unidos (LALIFF) e Prémio do Público na seção de documentários.

Biografia da Realizadora: Mirtha Ibarra (San José de las Lajas, Cuba) é roteirista, dramaturga e atriz cubana de teatro, cinema e televisão. Cursóu estudos na Escuela Nacional de Artes de Cuba e se graduou em Literatura Latinoamericana na Universidad de La Habana. Começõu sua carreira como atriz em 1967. Foi júri de festivais internacionais de cinema, entre os quais o de San Sebastián. No 2008 realizou o documentário Titón: de La Habana a Guantanamera, biografiía do seu falecido esposo, o cineasta Tomás Gutiérrez Alea. Como atriz de cinema apareceu, entre outros, no filme Hasta cierto punto (1983); Fresa y chocolate (1993) y Guantanamera (1995), de Tomás Gutiérrez Alea e nos filmes Cuarteto de La Habana (Fernando Colomo, 1998), Sobreviviré (Alfonso Albacete y David Menkes, 1999); Sagitario (Vicente Molina Foix, 2000); Quia (Silvia Munt,2003); Aunque estés lejos (Juan Carlos Tabío, 2013) e  La partida (Antonio Hens) 


Vidas Partidas

(QUINTA-FEIRA), 07 março, 19h | Sala Manoel de Oliveira

Brasil, 2016, 100 minutos, drama (ver Mostra Brasileira de Longas-metragens)


 

RETROSPECTIVA MARGARIDA GIL

Adriana

(SÁBADO), 04 março, 17h | Sala Manoel de Oliveira

Portugal, 2005, 102 minutos, drama 

Com: Ana Moreira, Isabel Ruth, Bruno Bravo, José Airosa, Vitor Correia, Carla Maciel 

Sinopse: Numa ilha remota onde se instalou o luto um homem decreta que nunca mais haverá sexo nem filhos… A ilha vai ficando deserta e ele decide enviar a sua filha, Adriana (Ana Moreira), para o continente “constituir família por métodos naturais”. Acompanharemos as aventuras de Adriana à procura de um homem que a faça procriar um filho e assim garantir a descendência na ilha.  


 

Anjo da Guarda

(TERÇA-FEIRA), 07 março, 20h30 | Sala 3

Portugal, 1998, 100 minutos, drama

Com: Natália Luiza, Dalila Carmo, Isabel de Castro

Sinopse: Lúcia volta à quinta da sua infância em busca da carta que o pai deixou-lhe antes de se suicidar. Lá encontra Álvaro, um velho companheiro de infância, que reparte o pouco tempo de vida que lhe resta entre as rosas e o piano, e o Anjo da Guarda que a acompanha e protege nas suas deambulações noturnas.


 

O Fantasma do Novais

(QUINTA-FEIRA), 02 março, 18h30 | Sala 3

Portugal, 2012, 90 minutos, doc.

Com: Cleia Almeida, Maria Raquel Correia e Miguel Nunes

Sinopse: Este filme tenta resgatar a memória de Novais Teixeira, jornalista e crítico de cinema português, que morreu em Paris há 40 anos, através da personagem ficcional Ana, uma jovem realizadora que investiga a vida desta figura vimaranense incontornável.


 

Rosa Negra

(SEGUNDA-FEIRA), 06 março, 17H | Sala Manoel de Oliveira

Portugal, 1993, 75 minutos, drama

Com: Fernando Luís, Manuela de Freitas, Mário Viegas e Zita Duarte

Sinopse: António regressa à terra de onde fora forçado a fugir, há dez anos, acusado de ter posto fogo à fábrica de Duarte. Uma crónica onde se cruzam histórias de amor antigas e novas, velhos crimes e novas formas de corrupção. Filmado na Serra da Estrela, um local permanentemente vítima de incêndios.


 

Paixão

(QUARTA-FEIRA), 08 março, 18h30 | Sala 3

Portugal, 2012, 75 minutos, drama

Com: Carloto Cotta, Ana Brandão, Sandra Faleiro e Gonçalo Amorim

Sinopse: Maria, uma cantora lírica a recuperar de uma tragédia pessoal aprisiona João Lucas – um escritor que conhece no final de uma noite de boémia – num quarto de um prédio em demolição. Uma viagem aos abismos do desejo e da relação humana.