A oitava edição do FESTin traz as habituais sessões de competição de longas-metragens, curtas e documentários, avaliadas pelo júri oficial e pelo voto do público. Para além disso, este ano pela primeira vez os filmes infantis da sessão FESTINHA também estarão em competição. Para avaliá-los, haverá dois júris, um infantil e um adulto. Os júris deste ano serão compostos por:

JÚRI DA COMPETIÇÃO DE LONGAS-METRAGENS

Carla ChambelCarla Chambel (Portugal)

Carla Chambel (1976, Amadora). Fez Formação de Atores na Escola Superior de Teatro e Cinema. Estreou-se no teatro em 1995 e desde aí tem trabalhado com diversas companhias e realizadores portugueses e estrangeiros. É locutora de publicidade e tem presença regular na televisão. É vice-presidente da Academia Portuguesa de Cinema desde 2014.

 

Chico Aragão (Brasil)

Estudou fotografia em Milão, tendo vivido em São Paulo, Paris, Nova Ioque e Amsterdão. Vive e trabalha em Lisboa desde 1994, colaborando com as revistas Vogue Itália, Elle Itália, Realidade (Brasil), El passeante (Espanha), Icon (Portugal), Blind Spot (USA), Vanity Fair (USA), Egoísta (Portugal), entre outras. Expôs o seu trabalho fotográfico em várias mostras individuais e coletivas na Alemanha, Estados Unidos, Japão, Argentina, etc. Participou como ator no filme brasileiro Cleo e Daniel.

 

Joana de VeronaJoana de Verona (Portugal)

Atriz luso-brasileira, iniciou-se em teatro em 1998, e em cinema em 2004. Estudou teatro no Chapitô é Licenciada em Teatro pela Escola Superior de Teatro e Cinema (ESTC), trabalhou com o encenador francês Bernard Sobel e com encenadores portugueses como, Gonçalo Amorim, Carlos Avillez, Marco Martins, Luís Miguel Cintra, Monica Calle com quem tem vindo a cooperar nos últimos oito anos.
Em cinema tem trabalho entre Alemanha, Itália e mais frequentemente entre Portugal, França e Brasil. Entre outras nomeações e prémios o mais recente, é o prémio de melhor atriz, atribuído pela Sociedade Portuguesa de Autores, pelo filme “As Mil e uma Noites” de Miguel Gomes. Estudou realização de cinema, na escola Ateliers Varan, em Paris, onde realizou o seu primeiro filme, o documentário “Chantal”.

JÚRI DA COMPETIÇÃO DE DOCUMENTÁRIOS

Caio Henrique Quinderé Castello BrancoCaio Quinderé (Brasil)

Jornalista, publicitário, dramaturgo e cineasta brasileiro. Estudante de doutoramento em Ciências da Educação – FCT/UNL. Escreveu e produziu espetáculos teatrais, tem experiência em direção de programas televisivos, produção e roteiro de vídeos corporativos e documentários. No cinema, fez assistência de produção do documentário-ficção Mãe Zimá (2013) e foi guionista da longa-metragem A Lenda do Gato Preto (2014). Tem livros e artigos acadêmicos publicados e participou em coletâneas poéticas.

 

Ricardo AlexandreRicardo Alexandre (Portugal)

Mestre em Sociedades e Políticas Europeias e estudante de doutoramento em Ciência Política/Relações Internacionais (ISCTE-IUL), licenciado em Sociologia pela Universidade do Porto. Editor de Política Internacional da RTP, apresenta na Antena1 o programa Visão Global. Foi Diretor Adjunto de Informação da RDP e coordenou e apresentou o Programa da Manhã. Enviado-especial a vários países. É vice-presidente do Conselho Deontológico do Sindicato dos Jornalistas e vogal do Conselho de Administração do CENJOR. Foi professor Convidado da Universidade Lusófona de Lisboa e assistente convidado da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Fellow do Memorial Marshall Fund (2007) do German Marshall Fund of the United States. É coautor e autor de vários livros.

Tony CostaTony Costa (Portugal)

Com múltiplas atividades na área de cinema, direção e fotografia, incluindo alguns títulos como a «A Ilha dos Cães» realizado por Jorge António com estreia marcada para breve. É mestre em estudos cinematográficos e professor na Universidade Lusófona, no Instituto Restart e na escola World Academy. É fundador da Associação de Imagem (aip) e membro fundador da Academia Portuguesa de Cinema. É editor do site do IMAGO, Federação Europeia dos Diretores de Fotografia, editor do Cineguia, diretório de Produção e organizador da feira de equipamentos Cine Video Expo.

 

JÚRI DA COMPETIÇÃO DE CURTAS-METRAGENS

DYNKADynka Amorim (São Tomé e Príncipe)

Licenciado em ciência política e relações internacionais e mestre em políticas públicas. Foi agraciado, com o prémio europeu “Jovem Empreendedor Social AIDS and Mobility 2010”.   Colaborou em vários projetos locais, nacionais e internacionais, voltados para a promoção de direitos e promoção da saúde através do uso dos media e outras metodologias educativas. É membro também de organizações de jovens africanos, europeus e internacionais.

 

Maria Manuel MarquesMaria Manuel Marques (Portugal)

Natural de Lisboa, é conhecida como Miucha. Pós-graduada em História e Cultura do Brasil, Miucha é uma cinéfila de carteirinha. Frequenta vários festivais em Lisboa, e há doze anos consecutivos vai para o Festival do Rio de Janeiro e há oito passou a frequentar a Mostra de Cinema de São Paulo também.

 

Foto_Regina Nadaes MarquesRegina Nadaes Marques (Brasil)

Radicada na Itália, é produtora cultural. Integrou a equipe organizadora dos festivais de dança contemporânea “Danzaestate Bergamo” e “Uscite d’Emergenza Milano”. De 2003 a 2010 foi responsável do setor de eventos e comunicação do Instituto Brasil-Itália (IBRIT), entidade conveniada com o Consulado Geral do Brasil em Milão para a promoção e divulgação da língua portuguesa e da cultura brasileira. No IBRIT, produziu eventos culturais de música, literatura, dança, artes plásticas e audiovisual. Em 2012 fundou a Associação Vagaluna, com a qual produz Agenda Brasil, evento anual de cinema, música, literatura e arte, em colaboração com a Prefeitura de Milão.

JÚRI DA COMPETIÇÃO FESTinha

Izzi MussuelaIzzi Mussuela (Angola)

Apresentadora de televisão, atriz e modelo. Ficou conhecida pelo personagem Domingas Demba que interpretou na sitcom angolana Makamba Hotel. Em 2012, estreou como coapresentadora no canal RTP África, no programa Disco África.

 

 

MADALENA NETO FERREIRA LAMPREIA NUNES DIOGOMadalena Neto Ferreira Lampreia Nunes Diogo (Portugal)

Formada em Matemática, trabalhou por quinze anos nas Seleções Readers Digest. É a diretora geral da revista Estrelas e Ouriços.

 

 

Moema SilvaMoema Silva (Brasil)

Jornalista vocacionada para a área de intercâmbio cultural. Com mais de trinta anos de carreira, é colaboradora regular da UP Magazine (revista de bordo da TAP) e de diversos eventos, e escreve a Coluna da Moema no Facebook.

 

 

JÚRI INFANTIL DA COMPETIÇÃO FESTinha

Patrícia Barreto Marôpo CaetanoPatrícia Barreto Marôpo Caetano (Brasil)

Patrícia Barreto Marôpo Caetano tem doze anos e frequenta o 6º ano do ensino integrado da Escola de Música do Conservatório Nacional (EMCN), onde estuda viola dedilhada e coro. Faz também teatro, gosta muito de cantar, de representar e de cozinhar. Tem como objetivo ser música ou atriz.

 

 

Rafael NuneRafael Nunes (Portugal)

O Rafael Nunes estará a fazer nove anos na altura do FESTin. Neste momento, frequenta o 3º ano na escola. Gosta de cinema e assiste filmes em casa, nas salas e costuma frequentar as sessões infantis dos festivais de cinema. Para além de gostar muito de jogar futebol com os seus colegas, os seus hobbies preferidos são jogar playstation e assistir televisão. Os seus programas favoritos são o Regular Show e o Gunball. É um leitor assíduo e, neste momento, vai no 20º número da coleção Uma Aventura. Também gosta muito de ler comics – em especial os da Disney.

 

Tauana Maria Oliveira da Conceição Silva (Brasil)

A Tauana, que tem origem negra e indígena, nasceu há 11 anos em Palmas, no estado de Tocantins, Norte do Brasil. Em 2013 conheceu a sua mãe adotiva e mudou-se para o Rio de Janeiro. Mais tarde, veio viver em Portugal, terra natal dos seus avós. Depois de passar um ano em Faro, no Algarve, chegou a Lisboa. Hoje em dia, mora em Belém, frequenta o 3º ano da Escola Básica Prof. Manuel Sérgio, na Ajuda, e também os Escoteiros. Com dupla cidadania, brasileira e portuguesa, está muito bem integrada na sua nova vida. É uma menina criativa, com jeito para as artes, a música e a dança. Adora cinema e teatro, e acha que talvez, quando crescer, opte pela carreira de atriz ou de modelo. Nos tempos livres, gosta de passear com o seu cachorro, Anjo, e brincar com as amigas.

JÚRI DE IMPRENSA

Carlos NatálioCarlos Natálio (Portugal)

Licenciado em Direito (Faculdade de Direito de Lisboa), em Cinema (Escola Superior de Teatro e Cinema) e mestre em Ciências da Comunicação (Ramo Cultura Contemporânea e Novas Tecnologias) pela FCSH-UNL. É bolseiro da Fundação de Ciência e Tecnologia, a preparar a sua dissertação de Doutoramento dedicado ao tema “Cinema e Farmacologia”, na Universidade Nova de Lisboa. Desde 2009, mantém o seu espaço pessoal na internet (Ordet) onde escreve regularmente sobre cinema e cultura contemporânea. É um dos fundadores e editores do site de cinema À Pala de Walsh. Estagiou no Departamento de Programação da Cinemateca Portuguesa e na produtora Visionat Media, com sede em Amesterdão. Colabora esporadicamente com diversas publicações e associações na área do cinema, como são os casos da italiana “La Furia Umana” e da portuguesa “Os Filhos de Lumière”.

Inês LourençoInês Lourenço (Portugal)

Inês Lourenço (1989) é crítica de cinema do jornal Diário de Notícias, autora da rubrica A Grande Ilusão, na Antena 2, colaboradora do site especializado À Pala de Walsh e da revista Metropolis, Concluiu o mestrado em Ciências da Comunicação, pela Universidade Nova de Lisboa, na área de Cinema, com uma tese final sobre o filme The River (1951), de Jean Renoir. Entre outros trabalhos passou por um estágio na Cinemateca Portuguesa, no núcleo de programação.

 

Vasco MarquesVasco Marques (Portugal)

É crítico de cinema do semanário Expresso desde 2005. Membro do Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa desde 2004, encontra-se neste momento a concluir, na mesma universidade, uma tese de doutoramento sobre a metafísica do tempo de Vladimir Jankélévitch. É ainda, desde 2012, coeditor da revista Philosophica.