ALMEIDA

AlmeidaSegunda-feira, 9 de maio, 19h, sala 2

Portugal, 2016, 75 minutos, documentário

Realizador: Emanuel Pimenta

Ticketline_100

Sinopse: João de Almeida nasceu em 1927. Viveu na Suíça onde trabalhou e conviveu com Hermann Baur. Foi grande amigo de Ferdinand Gehr e de Jean Arp, um dos fundadores do movimento Dada. Depois de uma brilhante carreira como arquiteto, aos setenta e cinco anos de idade, tornou-se pintor. Mas, os seus trabalhos estão para além do sentido convencional de pintura. Na fronteira entre o orgânico e o geométrico, o abstrato e o figurativo, a fotografia, a pintura e o desenho, o natural e o artificial, são um questionamento acerca da vida e da presença humana na Terra. Emanuel Pimenta e João de Almeida se conheceram em 2012, em Lisboa, e se tornaram imediatamente amigos. Este filme, de 2016, com imagens de 2015, é dedicado a João de Almeida. Música: Emanuel Pimenta (eletroacústico) e Francis Poulenc e Heitor Villa-Lobos, com Marcelo Bratke ao piano

Biografia do realizador: Natural de São Paulo, Brasil. Cresceu entre Portugal, Suíça e Brasil. Começou a trabalhar com cinema e vídeo arte nos anos 1970. Co-realizou e co-editou um filme com Jean Manzon em 1976, antigo assistente de Orson Welles. Entre 1987 e 1996 foi um dos coordenadores do primeiro festival de vídeo arte e arte electrónica do mundo, em Locarno, junto com René Berger, Nan June Paik, Francis Ford Coppola e Bill Viola entre outros. Trabalhou como compositor com John Cage durante os seus últimos sete anos de vida, e foi compositor para Merce Cunningham em Nova Iorque durante mais de vinte e cinco anos. Criou o primeiro festival Europeu de vídeo arte, o EuroVideoFest, em 1993, com Locarno e o Imagina de Monte Carlo – cuja primeira edição aconteceu em Lisboa. Escreveu e publicou mais de setenta livros e tem mais de cinquenta CD’s em vários países. Vive em Locarno, Suíça; mas, sempre que pode está em Lisboa e em Nova Iorque.