Olhar de Nise – filme conta a vida da mulher que revolucionou sistema psiquiátrico no Brasil– é exibido em dois festivais na Europa e outro nos EUA

Olhar de Nise (1)A jovem psiquiatra alagoana Nise da Silveira revolucionou o sistema psiquiátrico no Brasil e foi exemplo para o mundo. A vida desta mulher extraordinária é contada em Olhar de Nise, que será exibido nesta segunda-feira, 9 de maio, às 19h, no Cinema São Jorge, em Lisboa, Portugal. A obra de Jorge Oliveira e Pedro Zoca disputa a competição de documentários do FESTin – Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa, que prossegue até dia 11 de maio.

O realizador e roteirista Jorge Oliveira, e a produtora Ana Maria Rocha estão em Lisboa para prestigiar a exibição do filme que esta semana também foi apresentado e ganhou prémios em outros dois festivais internacionais: o Vail Film Festival, na cidade de Vail, no Colorado, Estados Unidos, e o Derby Film Festival, em Londres, Inglaterra.

A história – Revolucionária, nos anos 1940, Nise ficou quase um ano presa acusada de comunismo. Ao sair da prisão e voltar ao hospital onde trabalhava, o Dom Pedro II, em Engenho de Dentro, Rio de Janeiro, rebelou-se contra os métodos agressivos de tratamento psiquiátrico – eletrochoque, lobotomia, choque insulínico – e adotou a arte-terapia no tratamento dos pacientes. Nise trabalhou com o artista plástico Almir Mavignier que formou ateliers de pintura e modelagem no Hospital Engenho de Dentro. O resultado de todo o processo não só ajudou os pacientes a transformarem-se, como muitos chegaram a ser grandes artistas. Os seus quadros – cerca de 350 mil – estão no Museu de Imagens do Inconsciente, no Rio de Janeiro.

Olhar de Nise (2)Alagoano como Nise, Jorge Oliveira fez diversos documentários sobre seus conterrâneos, como o escritor Graciliano Ramos, o ex-Presidente da República, Floriano Peixoto, e o operário Manuel Fiel Filho, assassinado em São Paulo. “Fiquei uns 20 anos querendo fazer um filme sobre Nise. Conheci um sobrinho dela, fiz muitas pesquisas e cada vez mais via a potencialidade da história dessa mulher”, explicou Jorge. O realizador e a produtora Ana Maria Rocha foram até a Alemanha entrevistar o artista Almir Mavignier, já com 90 anos. Além disso, conseguiram, junto ao amigo Ronaldo Duque, de Brasília, entrevistas concedidas por Nise. Estas foram editadas e apresentadas no filme, que traz também relatos dos seus amigos, colaboradores, intelectuais e ex-pacientes com quem conviveram.

Jorge Oliveira e Ana Maria Rocha vivem em Brasília. Até novembro deste ano, prometem colocar o Olhar de Nise nas principais salas de cinema do Brasil. Jorge, além de realizador e roteirista, é escritor e está concluindo o livro Caatinga, que conta a história de duas famílias inimigas da cidade de Olivença, em Alagoas, no Brasil. cujos membros se mataram durante quase 50 anos.

Ana Maria Rocha, jornalista e produtora, entre outros trabalhos e funções, realizou o documentário Mulheres de Língua Portuguesa para a TV Educativa do Brasil, quando trabalhava na CPLP. Pela primeira vez, Ana participa do FESTin: “Esse universo lusófono me interessa e no FESTin me emocionou especialmente ver os filmes de Brasília. É fantástica essa ideia do intercâmbio, de todos falarem a mesma língua e poderem também fazer parcerias”, comentou. Outras informações sobre o Olhar de Nise estão no site http://olhardenise.com/#o-filme

Toda a programação pode ser consultada aqui.

O FESTin é organizado pela ASCULP- Associação Cultura e Cidadania da Língua Portuguesa, em coprodução com o Cinema São Jorge e parceria estratégica com a EGEAC – Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural, E.E.M. e conta com o apoio financeiro da CML – Câmara Municipal de Lisboa (CML).

Os bilhetes para o festival estão à venda na Ticketline e na bilheteira do Cinema São Jorge e têm um custo de 3,00 € (bilhete normal); 2,50 € (até 25 anos e maiores de 65 anos:); 1,50 € (estudantes e grupos de mais de 10 pessoas/por pessoa); 1,50 € (Mostra CPLP de Documentários/por sessão); Sessões Festinha: 2€ (adultos) e 1€ (crianças até 12 anos).

Ticketline: Reservas/Informações: Ligue 1820 (24 horas) | A partir do Estrangeiro ligue +351 21 794 14 00

Locais De Venda: www.ticketline.sapo.pt, Fnac, Worten, El Corte Inglés , C. C. Dolce Vita, Casino Lisboa, Galerias Campo Pequeno, Ag. Abreu, A.B.E.P., MMM Ticket e C. c. Mundicenter,  Fórum Aveiro,  U-Ticketline, C.C.B, Time Out Mercado da Ribeira, Shopping Cidade do Porto, Lojas NOTE, SuperCor – Supermercados e ASK ME Lisboa.

Partilhar é cuidar!